Avenida Paulista, 2202, São Paulo, Brasil
+55 11 4673-0515
contato@perftracker.com.br

A importância da boa alimentação

A importância da boa alimentação

A alimentação pode ser um fator determinante na sua produtividade, sabia disso?

Sabemos que a alimentação é um fator muito importante e que impacta diversas áreas da nossa vida, certo? Ela impacta nossa saúde e nosso cotidiano de maneira muito direta. Mas você já parou para pensar que ela pode estar também ligada com a nossa produtividade?

Com a adoção do home office em muitas empresas por conta da pandemia do COVID-19, a relação entre alimentação e produtividade chama ainda mais atenção. Manter a disciplina trabalhando dentro de casa pode ser mais difícil do que imaginamos por uma série de fatores, tais como:

  • Quando estamos dentro de casa, tendemos a estar mais confortáveis, e isso faz com que optemos muitas vezes por alimentos industrializados e não saudáveis.
  • A correria do cotidiano por muitas vezes nos impede de prepararmos algo mais saudável para comer e acabamos ficando no lanche rápido para não perder tempo ou em soluções como salsicha, macarrão instantâneo ou fast food.
  • Por muitas vezes não planejamos direito e por isso, não fazemos a pausa devida no almoço, ou para um lanche a tarde, o que faz com que a nossa digestão também fique prejudicada.
  • A ansiedade, grande vilã nesse momento que estamos vivenciando, também afeta muito a nossa alimentação: alguns perdem o apetite e não querem se alimentar e outros querem comer “tudo que vem pela frente”.
  • Em casa, temos mais facilidade de acesso a doces, salgadinhos, refrigerantes e outros alimentos que não devem estar no nosso cardápio.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o nível de produtividade de uma pessoa pode aumentar em até 40% se ela mantém uma alimentação balanceada. Chocante, não é? E essa relação se dá de uma forma bem simples! A nossa produtividade é dependente da nossa energia, que é gerada por conta da presença de determinados nutrientes no nosso organismo. E por isso, uma refeição adequada pode gerar uma deficiência de nutrientes, o que afeta diretamente nossa capacidade de render durante as atividades.

Muitas vezes não relacionamos essas coisas simples, e elas podem trazer muitos prejuízos para nossa saúde. Pensando nisso, separamos aqui algumas dicas para você se alimentar melhor dentro nessa nova modalidade de trabalho:

  1. Pode parecer simples, mas não comprar “besteiras” para deixar em casa, nos ajuda a não cair na tentação delas – salgadinhos, refrigerantes, doces, chocolates podem ficar fora da lista de compras.
  2. Vá ao mercado com uma lista de compras e inclua alimentos saudáveis nela – cereais, massas e pães integrais, iogurtes, leguminosas e grãos podem fazer parte de uma alimentação adequada e balanceada.
  3. Separe um tempo para preparar seu alimento: se o seu expediente é corrido, use a noite para cozinhar para os próximos dias, congele em porções e no horário da sua refeição, apenas aqueça sua comida.
  4. Coloque na sua agenda o horário de almoço: sabemos que neste momento muitas vezes temos uma reunião atrás da outra, então blocar sua agenda para cumprir o horário de almoço pode ser muito útil.
  5. Separe lanchinhos para comer no horário de trabalho – castanhas, um sanduíche integral, aperitivos como leguminosas assadas ajudam a controlar aquela fome que temos no período da tarde e são super saudáveis.

Dicas simples como essas podem otimizar o nosso expediente e melhorar a nossa produtividade, que é uma disciplina multifatorial. Se precisar de ajuda para entender como está a produtividade do seu time, nós da PerfTracker temos a solução! Acesse nosso site www.perftracker.com.br e entenda mais sobre a nossa ferramenta falando com um de nossos consultores.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *