Avenida Paulista, 2202, São Paulo, Brasil
+55 11 4673-0515
contato@perftracker.com.br

Ginástica laboral: necessidade básica

Ginástica laboral: necessidade básica

A ginástica laboral no formato do home office pode ajudar a prevenir uma série de problemas

Você já está familiarizado certamente com o conceito de ginástica laboral, não é mesmo? Ginástica Laboral é o tipo de exercício no trabalho com exercícios que duram entre 10 e 15 minutos com o objetivo de melhorar a saúde e a qualidade de vida dos colaboradores. Os exercícios, que utilizam técnicas de respiração, alongamento e correção de postura, evitam doenças ocupacionais e o surgimento de dores e lesões.

Você provavelmente já teve ou conhece alguém que já experenciou essa vivência no ambiente de trabalho. Era muito comum que empresas contratassem profissionais para estimular os seus colaboradores a se cuidarem melhor durante o expediente. Mas aí veio a pandemia e com muitas empresas implementando o home office, esse exercício de autocuidado ficou para depois. Mas, é importante lembrar que a ginástica laboral traz inúmeros benefícios para o seu cotidiano. Listamos abaixo alguns deles:

  • Combate doenças ocupacionais como LER e DORTs;
  • Diminui índices de stress, depressão e ansiedade;
  • Melhora os sistemas cardíaco, respiratório e esquelético;
  • Diminui o afastamento do trabalho;
  • Aumenta a concentração e a produtividade;
  • Melhora a consciência corporal em pontos como coordenação, resistência, condicionamento físico e flexibilidade;
  • Descontrai;
  • Reduz a sensação de cansaço e esgotamento ao final do dia.

Mesmo trabalhando dentro de casa, é muito importante ter a ginástica laboral como um hábito diário. Existem quatro tipos de classificação de ginástica laboral, são elas: preparatória, compensatória, relaxante e corretiva. Pensando nisso, separamos cinco dicas aqui para que você dê o primeiro passo para melhorar o seu expediente:

  1. Respire: fechando os olhos, faça no mínimo 5 inspirações e expirações profundas e conscientes, contando até 5 em cada uma das etapas.
  2. Alongue: de pé, com os pés afastados na largura dos quadris, entrelace os dedos e estique-se como se estivesse espreguiçando.
  3. Para o pescoço: gire a cabeça para um dos lados, olhando por cima dos seus ombros sem deixar que o queixo se abaixe. Volte ao centro e repita do outro lado. Repita algumas vezes.
  4. Para os braços: leve seus braços para frente e estique as pontas dos dedos de uma mão para cima enquanto a outra mão “segura” no sentido contrário. Segure por alguns segundos.
  5. Na cadeira: sentado, posicione suas pernas a 90 graus e deixe seu corpo cair em direção ao chão. Faça algumas repetições enquanto respira profundamente.

É importante ressaltar que a empresa incentivar esse tipo de movimento é fundamental, é preciso que a ginástica laboral seja encarada como uma ferramenta no cotidiano da empresa, assim como qualquer outra, especialmente no formato de home office onde é comum que as pessoas passem mais tempo na frente do computador, em posturas incorretas e com equipamentos que nem sempre são ergonômicos.

E sua empresa? Como tem cuidado do colaborador em formato remoto? A atenção com o time e com a gestão de equipes tem sido cruciais para empresas se manterem produtivas. Você tem tido dificuldade em acompanhar sua equipe? Nós da PerfTracker podemos te ajudar! Conheça melhor nossa ferramenta em www.perftracker.com.br e agende um papo com um de nossos consultores.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *