Avenida Paulista, 2202, São Paulo, Brasil
+55 11 4673-0515
contato@perftracker.com.br

Pegadas de Carbono e Home Office, como relacionar estes conceitos?

Pegadas de Carbono e Home Office, como relacionar estes conceitos?

Como podemos diminuir as nossas pegadas de carbono com o Home Office?

Você sabe o que são pegadas de carbono? E como o Home Office pode ajudar a reduzi-las? Vamos te ajudar a desvendar isso.

Pegada de carbon, ou carbon footprint, é uma metodologia criada para medir a emissão de GEEs (gases de efeito estufa), durante o ciclo de vida de um produto, de um serviço, de um evento, um processo ou de qualquer atividade que envolva a geração dos GEEs. Estes, por consequência, são convertidos em dióxido de carbono equivalente (CO2eq) e a mensuração da quantidade de CO2eq emitidos na atmosfera, é então a pegada de carbono.

Hoje, é impossível negligenciar os efeitos destes gases na atmosfera, o Brasil ocupa a oitava posição no ranking mundial de gases de efeito estufa, segundo a WRI (World Resourcers Institute). E os fenômenos derivados disso já são muito conhecidos: aquecimento global; chuvas ácidas, mudança de incidência de chuvas, aumento e diminuição de temperaturas fora de período e radiação solar mais forte.

Qualquer prática exercida, impacta no seu rastro de carbono. Até mesmo tomar uma xícara de chá por dia, durante um ano, equivale a 7,5kg de carbono emitido. Chocante, não é mesmo? É possível calcular o através desse site: http://www.idec.org.br/climaeconsumo/.

 

Como podemos diminuir as nossas pegadas de carbono com o Home Office?

Como podemos diminuir as nossas pegadas de carbono com o Home Office?

Mas como o Home Office entra nisso?

A resposta para essa questão é muito simples, o Home Office é uma maneira muito eficaz de reduzir a trilha de carbono deixada por uma empresa. Listamos abaixo alguns dos benefícios para o meio ambiente, trazido pelo trabalho remoto:

  • Diminuição do deslocamento: segundo pesquisa do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), em uma cidade grande como São Paulo a média de tempo gasta em deslocamento casa/trabalho é de cerca de 84 minutos em média por dia. Desta forma, o tráfego é a principal causa da poluição nas grandes cidades. Com o teletrabalho, esse deslocamento diminui, e consequentemente, as pegadas de carbono deixadas por seus colaboradores.
  • Menos consumo de energia: com os funcionários trabalhando de casa, a utilização de energia diminui: mesmo que os funcionários usem essa energia de suas casas, a quantidade de lâmpadas é menor, escadas rolantes e elevadores são menos acionados, entre outros exemplos, diminuindo o rastro no meio ambiente.
  • Menor uso de papel e armazenamento: com a alocação remota, o uso de papel diminui – você não imprime mais aquele papel para deixar em cima da mesa do colega olhar. Você terá que mandar isso por e-mail ou em algum tipo de armazenamento online. Tendo isso em vista, será necessário um menor uso de papel, e com isso menos impacto na natureza.
  • Menos utilização de espaços de armazenamento: observando o item acima, se temos menos papel, a obrigatoriedade de espaço para armazenamento de uma empresa, também é menor, com isso, temos a redução da necessidade de construção de espaços físicos.

Esse é só mais uma das vantagens que o trabalho remoto pode trazer para sua empresa. E você, está pronto para aderir ao Home Office? Nós da PerfTracker queremos te ajudar a facilitar essa transição! Acesse nosso site www.perftracker.com.br e peça seu mês grátis!

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.