Avenida Paulista, 2202, São Paulo, Brasil
+55 11 4673-0515
contato@perftracker.com.br

Maternidade e trabalho remoto, como conciliar?

Maternidade e trabalho remoto, como conciliar?

Como conciliar trabalho e maternidade?

A maternidade muda a vida da mulher totalmente, e voltar ao trabalho pode ser muito difícil com um bebê, que tal experimentar o Home Office para ajudar nessa transição?

Quando a mulher sai de licença maternidade para cuidar de seu bebê, ela passa por muitos momentos de dúvidas e incertezas: será que vão sentir minha falta enquanto eu estiver fora? Será que quando eu voltar meu lugar ainda estará lá? Como o mercado de trabalho vai reagir com esse meu novo cargo de mãe?

Já na hora de voltar da licença maternidade, surgem outros questionamentos e preocupações: vou perder o desenvolvimento do meu filho? Será que vão cuidar dele tão bem quanto eu cuido? Como vou conciliar essas minhas novas funções com o meu trabalho que eu adoro?

Essas inseguranças são muito comuns, mas não devem ser encaradas como um impedimento para unir estas duas funções: mãe e profissional. Comprovadamente, as mães ganham algumas vantagens competitivas no ambiente de trabalho. A revista Exame elencou seis dessas vantagens:

  • Elas administram melhor seu tempo;
  • Elas tem uma visão mais real das dificuldades, enxergam um problema do tamanho que eles são;
  • Suas ideias são mais arejadas e criativas;
  • Sua flexibilidade e jogo de cintura, ajudam a se adaptar à personalidade das pessoas;
  • Elas realmente escutam os outros e levam opiniões em consideração;
  • Essas mulheres são mais corajosas, não costumam ficar dentro da zona de conforto.

Se a maternidade só traz vantagens para a colaboradora e por consequência, para a empresa, porque não facilitar essa transição? A saída para essa mudança, pode ser o Home Office, já pensou nisso?

Após a licença maternidade, a empresa pode ajudar sua funcionária, permitindo que a mesma trabalhe de casa, parcial ou totalmente por um período determinado. Desta forma, a mãe ainda pode cuidar do seu bebê de maneira mais próxima, mas sem deixar seu trabalho de lado.

Claro que para isso, é preciso muita organização. A mulher precisa ter consciência de que sua licença terminou, portanto, seu compromisso com o trabalho é integral e ela deve estar focada nisso. Mas nada impede, por exemplo, de fazer alguns intervalos para amamentar seu bebê, e acompanhar seu desenvolvimento mais de perto.

E para te ajudar a gerir esse momento, nós da PerfTracker temos uma ferramenta completa para facilitar esse novo momento. Acesse nosso site e saiba de todas as nossas funcionalidades: www.perftracker.com.br .

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.