Avenida Paulista, 2202, São Paulo, Brasil
+55 11 4673-0515
contato@perftracker.com.br

A importância do Feedback

A importância do Feedback

O feedback é fundamental para o bom andamento de uma empresa. Entenda melhor esse conceito!

O feedback é uma peça fundamental para a engrenagem das empresas, e pode ser um conceito bem complexo.

Feedback tem como definição, segundo o dicionário: informação que o emissor obtém da reação do receptor à sua mensagem, e que serve para avaliar os resultados da transmissão. No mundo corporativo, especialmente nas organizações meritocráticas (que são a maioria), o feedback é fundamental para que a empresa funcione de uma maneira saudável, especialmente hoje, em que o funcionário não é mais considerado somente uma peça no jogo, mas sim uma parte que constrói e fundamenta o negócio.

E o feedback faz parte do nosso cotidiano, são várias as situações que damos e recebemos essa informação, que se faz necessária em diversos ambientes e é muito mais complexa do que aquele conselho, ou crítica. Ele é um importante instrumento para o crescimento profissional, já que é considerada uma das principais ferramentas para medição de desempenho.

Muitos profissionais, quando ouvem essa palavra, já ficam apreensivos, e esperam pelo pior. Mas a sua aplicação contribui para que os colaboradores sejam orientados e recebam um parâmetro com relação ao seu trabalho, e tem como objetivo principal reforçar as qualidades, encontrar formas de lidar com pontos que podem ser melhorados e ajudar no desenvolvimento do profissional. Muitas das vezes, estamos trabalhando no piloto automático de tal forma, devido ao cotidiano, as pressões constantes e entregas que tem que ser feitas “para ontem” que dificilmente pararmos para fazer uma autoanálise. Por essa e por outras, o feedback é um recurso importante, uma vez que as pessoas que estão próximas, podem perceber situações que as vezes não enxergamos.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o feedback não pode, e não deve, ser unilateral, vir de maneira top down. Ele deve ser uma ferramenta utilizada de maneira responsável e madura pelos dois lados. Líderes e seus subordinados devem ter a liberdade de ter esse espaço para dialogar.

Podemos listar três tipos de feedbacks

  • Positivo: com certeza esse é o mais aguardado por qualquer pessoa. Ele exalta os pontos positivos – seja com um comportamento bom, a boa execução de uma tarefa, a boa condução de alguma atividade, a proatividade (falamos dela por aqui, se lembra?) em busca de uma nova solução, ou muitos outros. Esse tipo de retorno é importante para mostrar para quem está sendo avaliado, que você observa o trabalho dele, que está de olho no seu desenvolvimento e que o reconhece. Isso certamente fará com que ele seja motivado, além de se tornar ainda mais eficaz e produtivo, correndo atrás de uma melhoria contínua. Para a empresa, também é fundamental este tipo de troca de informação. Uma vez que isso contribui para que seus profissionais entendam o que a organização espera deles, o que fará com que o time se desenvolva como um todo. Este tipo de feedback pode ser feito em público, em reuniões, junto da equipe, uma vez que isso incentivará o grupo todo a manterem as boas ações em sua rotina diária. E dentro da realidade da empresa, pode ser acompanhado com algum tipo de bonificação.
  • Negativo: mesmo tendo que ser feito de maneira mais sutil, este também é um tipo de informação necessária, uma vez que ele expõe pontos a serem melhorados, como por exemplo, um comportamento que prejudica o desempenho do funcionário na sua rotina. É importante que esse tipo de feedback seja feito de maneira adequada, para alinhar as expectativas da empresa versus as expectativas do funcionário. Esse direcionamento ajuda a fazer com que o ambiente corporativo melhore como um todo, uma vez que assim, os colaboradores podem se tornar mais assertivos. Este tipo de retorno deve ser feito com cuidado, para que a pessoa que está sendo analisada, não se sinta mal ou desconfortável. O ideal é que seja feito no “olho a olho”, em uma conversa particular, para não expor ninguém. É preciso escolher as palavras certas, que apontem os erros e pontos a serem melhorados, mas de modo que não cause o efeito reverso – onde o colaborador fique desmotivado e prejudique a sua atuação na jornada.
  • Construtivo: este último, nada mais é do que uma união dos feedbacks positivos e negativos, citados acima. Ele aponta alguma questão que não está funcionando bem, mas vem acompanhado de uma sugestão para solução do problema. Esse é o tipo retorno que traz o maior crescimento dos indivíduos nas empresas, especialmente para aqueles que não sabem lidar com comentários negativos. Os feedbacks são extremamente importantes para o bom desempenho dos colaboradores. Quando bem executados, fazem com que eles parem, reflitam e corrijam sua rota de maneira saudável, de modo que possam ser construtivos e fazer com que a empresa seja mais produtiva.

Empresas de sucesso tem o diálogo aberto como ponto forte do seu negócio. Colaboradores de todas as áreas e em qualquer posição devem se comunicar, observando e fazendo trocas para que o trabalho de todos evolua. Para implantar esta cultura na sua companhia, é preciso estar disposto não só a ouvir, mas a falar também e saber que quando tratamos de relações interpessoais, é preciso em primeiro lugar ter tato.

E você, como trabalha os feedbacks dentro da sua empresa?

Para apresentar ao funcionário um retorno construtivo, é preciso que a empresa esteja munida de informações. Os feedbacks devem ser embasados e não devem ficar só no “eu acho”, ou em observações de maneira rasa. Dados unidos à analise do desempenho cotidiano, fazem com que o feedback seja assertivo e construtivo. E com isso, nós da PerfTracker podemos te ajudar! Com a nossa ferramenta, você tem acesso aos dados dos seus colaboradores, da sua performance, das suas atividades e pode direciona-los para construir equipes mais produtivas.

Quer saber mais? Acesse nosso site www.perftracker.com.br e conheça todas as funcionalidades que nosso software pode te oferecer! E se tiver qualquer dúvida, peça ajuda a dos nossos especialistas!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.